segunda-feira, abril 02, 2007

Um par por escrito

Bonnie & Clyde
Houve um dia um par.
Sim. Um par.
Uma dupla.
Uma coisa feita de dois.
Feita dos dois malucos mais adoráveis de que jamais se teve notícias.
Eles eram únicos, e eram dois.
Com as pontas dos dedos eles construíram coisas que ninguém sonha.
Com as pontas dos dedos eles foram partners in crime.
Hank e Sarah.
Bonnie and Clyde.

Com as pontas dos dedos, sua melhor ferramenta, eles marcaram suas vidas.
A vida de um na vida do outro.
Os sonhos de um nos sonhos do outro.
(E deixaram a platéia assistir)

Os próximos posts são uma das melhores lembranças que eu tenho do tempo em que as pontas dos meus dez dedos ansiavam pelo momento de se saberem vinte.
Agosto de 2005. Contos Scrapianos. Histórias escritas a quatro mãos.
Enjoy

7 comentários:

Marília disse...

Ai que saudadeeeeeeeeeeee desse tempo mágico!!!
Beijoooo

Felipe Belão Iubel disse...

Esses dois eram (e ainda são) demais mesmo...

Cidão, Maninha do meu coração... foi uma honra escrever ao seu lado.

Tem coisas que fazem nossa vida valer a pena... coisas que guardamos entre nossas principais lembranças entre nossas fotografias.. essas coisas fazer essa coisa toda valer a pena pra sempre...

muitos cafés, perfumes de jasmin e mosquitos na varanda...

muito mais ainda está por vir...

Beijos

Lv...

Felipe Belão Iubel disse...

ahh agora ando derrubando as lágrimas em lugares que nao posso...

de uma conversa só... saiu tudo isso. Saudade extrema de um tempo. É tanta saudade e tanta coisa... que eu lembrei dos puxões de orelha daquele tempo... lembrei e deixei o carrinho com a roda quebrada ir embora...

imagina se nos falássemos mais...

que inveja do clayde barrow...

mercedes disse...

Não, Titão.
Clyde Barrow morreu todo furado de bala. Tudo bem que ele estava super bem acompanhado (morreu ao lado de seu eterno amor Bonnie Parker).
Mas morto e cheio de furo você não serveria pra nada.
Não tenha inveja dele. A essa altura, ele que deve morrer de inveja de você.
;)

Alice Salles disse...

hummm
realmente estou sem palavras.
agora q tive tempo de ler tudo e de viajar mto forrrteee com essa história preciso reler e encontrar pistas desse delírio para buscar em mim o que vocês fizeram eu pensar que tenho!
beijos enoooormes

mercedes disse...

No msn, a Rafa me disse:

Rafa!
23:18

"era tão produtivo, tão bacana pra quem tava de fora... tanta coisa boa pra ler!

kkkkkkk
eu, super interesseira!

só querendo sugar!"


Hahah! Amei!

Carol disse...

Nao acredito que li tudo.
Amei!!!!