terça-feira, agosto 31, 2010

_s.o.s. solteirice

.
Ai ai, a vida de casada é uma beleza e um dos motivos dessa beleza é muito claro: não ser solteira.
Papai do céu me permita manter a minha casadice eternamente, porque as regras da solteirice enchem o meu saquinho, mesmo à distância. De ouvir falar, só de presenciar os eternos mimimis de amigas solteiras e amigos idem, eu me canso do novo livrinho de regras.
Pelo meu livrinho, existem coisas que são básicas: vai acontecer mais cedo ou mais tarde, nao vai? Então resolve já. Simples assim.
Vamos a um ensaio de alguns tópicos que são reclamações recorrentes:

1. Não enrola! 
Você está a fim da moça. Ok, ela também parece estar? Vai de uma vez, porque mulher é um bicho que cansa fácil (e eu acabei de ler que tem muito mais homem do que mulher no mundo). Acorda!

2. O primeiro encontro.
Marcou um encontro, vai sair pra jantar? Siga os conselho da @rebiscoito: aqui. Parte direto pro beijo, poupa todo aquele nervosismo e as reviradas no estômago durante o jantar, fofices ditas sem graça e espasmos nervosos esquisitos. Vai pro beijo! Se o beijo for ruim, já economiza a grana do jantar, se for bom, a noite será agradável, ponto.

3. Ligo não ligo? Me faço de difícil ou o que?
Ai pelo amor de deus. Essa é a parte que mais me enche o saco. 
Vem cá...me explica: se você está aí igual um bocó pensando nela, liga! Isso não faz de você um stalker louco que vai ficar vigiando a moça na janela e dar um tiro em quem se aproximar. Ou pelo menos antigamente não fazia. Sem falar, que a gente sabe que você É um stalker louco que já foi fuçar a timeline dela, o Facebook dela, o Orkut dela e googou fotos de uma década inteira. Então pára de ser mané e liga de uma vez. O máximo que pode acontecer é ela dizer que não quer mais sair com você.
Agora, meu bem...se você não quer ficar com a moça de novo, faz favor de ser homem e ser bem claro. Deixa eu explicar: bem claro quer dizer: BEM CLARO, com  t o d a s  a s  l e t r i n h a s  e sem desculpinhas. Não é "agora não dá porque eu estou num momento complicado", "estou saindo de um relacionamento sério e não quero misturar as coisas" ou seja lá que frase você decorou. É assim ó: "Você é um amor, mas eu não quero ficar com você, não vou ficar enrolando e perdendo o seu tempo...não vai rolar porque eu não estou a fim. Desculpa, ta?"
Viu que fácil? Ela vai achar você um grosso, por dez minutos, depois vai agradecer o tempo poupado e o sofrimento ridículo economizado, para todo o sempre.
E se ela ligar antes da hora, não se faz de louco: se estiver a fim dela, se joga. Se não estiver, já sabe a minha opinião. Não tem nada pior nessa vida do que se sentir enrolada. Uma coisa é homem difícil, outra coisa é homem enrolão. Difícil é um desafio interessante, enquanto enrolão é um chato que vai se suicidando aos poucos diante de uma mulher que queria alguém admirável pra chamar de seu.

4. Amiguinhas
Deixa eu te explicar que amiguinho não beija na boca, então não vem apresentar "amigas especiais" como "amigas". Abre de uma vez o jogo e diz: "Sabe a fulana? Então, ela é super minha amiga mas a gente já se pegou várias vezes". Sinaliza, querido, sob pena de perder a namorada. E por falar em "namorada"....

5. Ficar ou namorar.
Ai me poupe...ME POUPE! 
Pedir em namoro é coisa de quando eu tinha 15 anos, e isso já faz mais tempo do que você tem de vida. Me explica a diferença por favor? Vocês estão ficando faz seis meses? Ficando? Vocês dormem juntos, pelo amor de deus! Vocês conhecem as famílias, fazem tudo juntos e estão ficando? Desculpa, mas vocês estão namorando e faz tempo. Ah não? E se ela ficar com alguém outro, tudo bem? Ah não porque ela está "ficando" com você então tem que ser só com você...entendi....desculpa querido, mas vocês estão namorando, mesmo que você não goste do termo, ache a palavra um horror e se recuse terminantemente a aceitar o fato. Sinto muitíssimo...deixa de ser bocó e assume isso de uma vez. E se ela  referir-se a você como namorado, aceite. Ela é muito mais macho do que você e é bem raro achar uma mulher com essa qualidade (sim, isso é uma qualidade).
Ah, esqueci. Se você mora ha quatro anos com ela, vocês são casados, ta?

6. Medinhos
Faz favor! O medo do sofrimento é milhares de vezes pior do que o sofrimento em si. Coisa de boiola (boiola é covarde, não é gay, antes que você me encha o saco) -- e eu vou te contar que existe mulher boiola também. Fato: deixar de viver uma história porque você tem medo de vir a sofrer, só pode ser desculpa esfarrapada. Melhor dizer de uma vez que não quer, que não está a fim, do que assumir um medinho. Até porque não existe uma mulher que se preze que vá respeitar o seu medo. Ela vai insistir até você vencer isso. Então, se na verdade for só uma desculpa, você vai acabar entrando na categoria "enrolão" quando ela der todos os sinais de que as portas estão abertas e você não entrar.
Quanto a você, mocinha, a mesma coisa: toma jeito de homem!

7. Internet bichada
Não seja patético: quando você resolver bloqueá-la no msn, gtalk, yahoo, whatever, ela vai saber. Quando você ficar invisível ela também vai saber. Não esquece que quando ela o conheceu, você dormia conectado. Agora deu pau no seu celular, na sua conta, o msn pirou...aaaah! 
Me conta: você é o tipo de homem que ficaria com uma mulher que tem Q.I. de ameba? Ou você faz pouco assim da inteligência dela? Desculpa, meu bem, mas se este é o caso, você não merece mesmo que ela fale com você. Seja homem e assuma os seus atos se você quer que ela continue sendo ao menos sua amiga, porque, como eu já disse antes, toda mulher PRECISA admirar o homem que escolheu -- mesmo que ele seja o homem errado, não seja dela, não venha a ser jamais -- para conseguir guardar ao menos um carinhozinho para, quem sabe, uma futura amizade se você não screw up isso também.

8. Fim
Termine. Saiba terminar. Finish. Kaput. Se você ficar dando droga pra viciado, ela vai SIM descontrolar, vai ficar insuportável, vai ficar perdida e ainda vai viver alimentando uma esperançazinha que pode fazer muito bem para o seu ego, mas talvez um dia faça muito mal para o seu precioso saquinho, quando o joelho dela puder alcançá-lo. E vai. Acredite.

Por enquanto é isso. 
Se eu pudesse ditar as regras, aposto que a próxima geração me agradeceria.


Um beijo amigo no seu umbigo equivocado.



8 comentários:

Fabio Piva disse...

É... sem comentários. Dá pra mandar o texto pra alguns seres específicos? Não né, pega mal e tals... bom, mas eu gostaria mesmo assim.

"Se eu pudesse ditar as regras, aposto que a próxima geração me agradeceria."

Só um adendo -- entendo e confirmo. Na verdade, aproveito o espaço para uma confissão: Em meio aos meus surtos de arrogância extrema, costumo dizer que "se o mundo fosse povoado por 'Fabios', seria ao menos um mundo mais coerente". E acho ainda que quem não pensa a mesma coisa pelo menos às vezes deveria rever as próprias atitudes.

É. Eu sou prepotente desse jeito.

Fabio Piva
http://paciencianegativa.blogspot.com/

C. Garofani disse...

Ahhh que raiva. QUIREIVA!
Queria tatuar o texto inteiro na cara de todas as pessoas do mundo!
É, na cara, pq elas mesmas não conseguiriam ler, mas a outra pessoa ia conseguir e ia parar de babaquice duma vez.

marquito disse...

ADORO!!! that's it, perfect!!!

Ronise disse...

muito bom, concordo com tudo e sempre me ferrava quando eu era solteira porque eu pensava e agia dessa maneira. sempre deixei claro quando estava super aí pro cara, e levei vários foras por isso. mas foi bom, pelo menos não prolongava meu sofrimento e não perdia tempo com gente que não queria nada com nada. :)

Edilene Ruth disse...

E aí Mercedes, qdo sai o decreto-lei dessas novas regras aí???
Voto em vc!!!
Tudo tão fácil e as pessoas complicando tudo, fazendo fita...

Beijão, Edilene

http://devaneiopulsante.blogspot.com

Apenas Sensualle disse...

As regras já estão valendo?
Pois é...ser solteira (o) dá trabalho mesmo. Mas ó...divorciada é uma delicia. Tem regra pros divorciados tb ? Belo texto. Adorei

Pedro Rocha disse...

Hahahahahaha! Desde o dia em que resolveram inventar os eufemismos, o mundo passou a achar que é pecado ter objetividade na vida. Ainda bem que temos os remanescentes!

Beijos

Rebiscoito disse...

A-d-o-r-e-i. Principalmente nos pontos onde você fala sobre o cara dizer "não". É praticamente impossível arrancar um não de um homem. Eles sempre dão um jeitinho demorado e doloroso para 'fazer a gente perceber' que eles não estão mais afim. É tão mais fácil chegar e jogar a real mesmo, né? Essa parte está junto do número 7, pq internet bichada é algo muito usado nesse jeitinho lindo de dizer não.

Enfim, adorei o texto. E tudo que eu falei aqui no comentário, incluindo seu texto inteiro, eu também quero dizer ao contrário, porque não são só homens que agem assim. Muitas mulheres também fazem isso. Eu já fiz algumas vezes e fui aprendendo com os erros. Aliás, nem tanto com os erros, fui aprendendo mais na base do: que merda sentir isso, nunca vou fazer isso com alguém.

Beijo!