quarta-feira, agosto 18, 2010

_interessante

Mais um post sobre nada.

Bom dia, você que assistiu o programa eleitoral, leu o jornal, viu o debate online hoje pela manhã, está por dentro de todas as notícias e é um cidadão bem informado. Sinto comunicar que eu desliguei deste mundo e estou  vivendo numa dimensão diferente da sua -- e não fico nem vermelha ao afirmar isso. Estou longe das urnas, longe da imprensa, longe do Twitter, longe de todo um universo de informações que poderíam fazer de mim alguém interessante. Não é lindo? É sim porque eu não quero mais ser interessante. 
Houve um tempo em que eu não queria ser bonita. Achava que a beleza me atrapalhava profissionalmente, fazia as pessoas olharem para fora e não para dentro de mim, e era importante provar para elas, nos primeiros cinco minutos, que eu era brilhante. "Fala comigo como se eu fosse homem, e quando eu levantar daqui você vai estar tão impressionado que vai esquecer de olhar para minha bunda. Grata." Foi uma boa e divertida batalha. 
Agora estou na batalha inversa, por isso não vou mais emitir minha opinião estranha sobre as coisas. Não vou mais sorrir de graça e ser atenciosa. Não vou mais conversar sobre todo e qualquer assunto com toda e qualquer pessoa. Não vou. É...porque agora eu sou burra de pai e mãe. Estou até pensando em começar a ver a novela das 6, a das 7 e a das 8 e virar fan da Luciana Gimenez. Pronto. Fim.

Deu pra perceber que eu estou com raiva? Não me pergunte porque, mas eu estou. Estou sentindo uma vontade gigantesca de agredir, de escurraçar (como escreve isso?), de sacudir pessoas pelos ombros fazendo a cabeça delas ir para frente e para trás com tanta força, que elas fiquem tontas e desmaiem. A única coisa que eu não saberia fazer é deixar a criatura desmaiada lá, caída no chão. Eu cuidaria dela...porque eu sou tão idiota que nem raiva eu sei sentir direito.

Assim...estou de mal com o universo. Hello? Via Lactea? Exploda!

3 comentários:

Pedro Rocha disse...

Como assim mais um post sobre nada? Já é o segundo que eu leio em menos de meia hora. Isso é simplesmente Mercedes Gameiro tentando incansável e inteligentemente, mediante aos seus poderosos argumentos provar pra humanidade que é burra! Tá um barato isso aqui, viu?

Mais!!!!!

marquito disse...

"There is more stupidity than hydrogen in the universe, and it has a longer shelf life."
(frank zappa)

and...
once you see it... it's pretty hard to get in touch with!
oh lord! ahahahahaha

adoro!
bjs

Mari Migliacci disse...

Porque é uma música perfeita, porque ela foi feita para momentos de desilusão e porque super pode ser vista como um monólogo. Vai para você, baby!


When you try your best, but you don't succeed,
When you get what you want, but not what you need,
When you feel so tired, but you can't sleep
Stuck in reverse
And the tears come streaming down your face
When you lose something you can't replace
When you love someone, but it goes to waste
Could it be worse?
Lights will guide you home
And ignite your bones
And I will try, to fix you
And high up above or down below
When you're too in love to let it go
But if you never try, you'll never know
Just what you're worth.
Lights will guide you home
And ignite your bones
And I will try, to fix you.
Tears stream down your face,
When you lose something you cannot replace
Tears stream down your face
And I...
Tears stream down your face
I promise you I will learn from my mistakes
Tears stream down your face
And I...
Lights will guide you home
And ignite your bones
I will try to fix you...