quinta-feira, setembro 23, 2010

_presente


O que eu quero de presente? 
As pessoas perguntam e eu não sei a resposta. O que será que eu não tenho? Preciso fazer as contas....deixa eu ver...
Eu tenho a vida que eu quis, tenho pernas que me levam...Pernas me levam? É a imaginação que me leva, e me leva todos os dias pra onde eu quiser, mesmo que ninguém mais queira. Tenho essa cabeça, completamente descompensada, que dá risada sozinha da vida que eu escolhi. Ri dos dias, ri das coisas, ri do cheiro que a vida tem. Tenho esse coração debilóide e dramático que ama mais do que o amor aguenta e sonha até o último cantinho escondido do universo dos sonhos....e delira.
Eu tenho os cheiros das coisas que eu gosto e as coisas que eu gosto também, que não são tantas. 

Às vezes as pessoas dizem que é difícil me dar presentes porque eu tenho tudo. Mentira...eu não tenho tudo o que se pode comprar. Eu tenho tudo o que se pode querer. E o que eu quero não é o que os outros querem. É bem mais simples, bem mais barato, nem tem pra comprar, acredite.
Se eu for predir presente, vai ter que ser "presente". Presente é aquilo que se tem agora, que se vive agora, e que se guarda para sempre porque não é esquecível. Isso pode vir numa caixa ou no vento . Pode ser uma palavra ou um objeto...pode ser nada se vier com um olhar, um beijo, um abraço bom.
Presente é o que te faz viver, e vida é o único presente que me interessa.
Não quero gadgets, não quero roupa da moda, uma bolsa de marca, um sapato, uma jóia. Não...wait! Eu quero uma jóia sim, mas dessas que não se perdem, que não derretem, que não se enterram em baús de tesouro, porque só é possível guardá-las na alma.
Eu quero essa pedra rara, esse tesouro inteiro que são as pessoas que me cercam, encrustradas na vida que me cabe, cravejadas de amores que nunca passam.
Então, pensa como é fácil me dar um presente: uma flor arrancada de um jardim, um papel recortado, um bilhete feliz, uma pedrinha de um lugar bonito, uma foto do céu... 
Se em algum momento do dia, em algum lugar do mundo, alguém pensou em mim e sorriu...bingo! Este é o presente que eu quero.
Uma vez ganhei uma caixa de fósforos que tinha um único palito, e nele estava escrito "agora". 
É isso...agora é tudo o que se tem. O bem mais valioso: o presente. 
É o que eu quero.





8 comentários:

Anônimo disse...

Lindo!!!
Amei!!!
É você!!!
Desejo que todos os seus presentes sejam sempre carinhosos, que caibam sempre no seu coração e fiquem lá te dando mais presentes.
Seja feliz sempre.
Te amo.
Beijos
Pat

Fabio Piva disse...

Pois bem, hoje é seu aniversário, né? Foi o que eu andei escutando por aí. E eu tenho sim um presente que preparei pensando em você, que já é seu por mérito, e que já está em suas mãos há certo tempo -- mas talvez você nem saiba disso. E assim, gostaria de lembrá-la que aquele pacotinho esquisito, meio mal embrulhado e com laço torto, é sim de mim pra você. E espero que o conteúdo se faça digno o suficiente, porque é tudo o que eu tenho para te dar agora.

Meu presente para você, minha querida amiga, vem em três partes -- mas não são ouro, incenso e mirra. Primeiro, eu te entrego minha lealdade incondicional -- a mesma lealdade que você me entregou de graça, sem esperar nada em troca, quando eu mais precisava dela. E se isso não for suficiente para provar meu carinho por você, te presenteio também com incontáveis sorrisos, aqueles que sempre visitarão meu rosto todas as vezes em que eu avistar alguma Margarida por aí -- são todos seus. E por fim, eu te cedo meu colo. Este último, espero que você guarde numa gavetinha do criado-mudo e nunca venha a conhecer de fato, nunca venha a precisar. Espero, de coração, que você tenha uma vida cheia de alegrias e felicidades, e sem tristeza alguma. Mas se por acaso isso não for possível, se algum dia você se vir desesperada por um colo, um abraço que seja, uma palavra de alento, já sabe -- é só abrir aquela gaveta e encontrará tudo isso ali. Encontrará tudo isso aqui, neste sujeito impaciente e mal humorado -- mas que com você, será sempre o mais paciente e jovial do mundo. E será sempre, mesmo que você se esqueça, não precise ou não se importe, seu amigo.

Beijos, querida. E novamente, parabéns.
Fabio Piva
http://paciencianegativa.blogspot.com/

Mercedes Gameiro disse...

Ai Fábio!
Se um dia eu esquecer o amigo que você é, ou de você, ou das noites de conversa, você está autorizado a vir aqui e me chacoalhar até eu acordar!

Amo os 3 presentes que você está me dando, e eu já os tinha recebido mesmo antes de puxar a ponta do lacinho.
Tem pessoas que passam pela vida da gente assim...na hora H, do jeito certo, mesmo distantes. Tenho algumas outras que surgiram como você, e nunca foram embora, porque eu não deixo, eles não deixam, e o destino não quer mesmo. Não tem como querer.
Você está aqui, guardado na minha "Treasure Box" e eu não vou deixar você sair dela jamais.

Obrigada pela sua amizade, pelo seu tempo, por tudo. O que você é não tem preço. Mesmo.

Um beijo gigante, meu amigo.

Me

Mercedes Gameiro disse...

Pat,

você é uma irmã linda demais.

Te amo.

M

Lee Swain disse...

Mercedes, ainda não bateu meia noite, portanto ainda é tempo de te desejar muitas, muitas felicidades hoje, o que é muito pouco comparado às alegrias que vc já me regalou com seus textos incríveis.
Bjs do seu amigo

Pedro Rocha disse...

Atrasado sim. Esquecido, nunca! E apesar do atraso, nunca é tarde o bastante pra desejar felicidades muitas, sorrisos, abraços, momentos eternos, doçura, sonhos, cheiros, sabores, etc, etc, etc... e que você esteja seeeempre cercada de pessoas e, porque não, coisas que te tragam inspiração pro presente, pro futuro e pro sempre.


Beijos
;)

Clélia Fagundes disse...

saudades,
felicidades, sempre!

marcos freitas disse...

e agora...?

ai esses agoras...
sempre nos deixando
presentes!

felizeS agoraS sempreS
bjs
m.