quarta-feira, novembro 01, 2006

A Mão Grande do Amor da Minha Vida.

minhamao

Desde o dia que eu escrevi essa frase ela não sai da minha cabeça:

" Aos 85 eu vou morrer de amor, tendo a minha mão encaixada dentro da mão grande do amor da minha vida."
Eu sorrio quando penso nisso.
Quem me conhece sabe...eu tenho problemas com mãos pequenas. O maior deles é que a minha é enorme, gigante, absurda!
Para viver ao meu lado, um homem precisa antes de mais nada, ter mãos grandes. Assim...não só no sentido literal da palavra, mas no sentido totalmente abstrato da coisa toda: que a minha mão caiba dentro da mão que me protege. Que a minha mão encaixe na mão que me guarda. Que a mão grande do meu amor me puxe para perto de um só golpe e me mantenha, porque é grande como a alma do dono, grande como a vida do dono, enorme como o meu amor.

As mãos são a primeira coisa que eu olho num homem, mas não posso mentir: já namorei mãos duvidosas...mãos calejadas, mãos franzinas, mãos roídas, mãos preguiçosas, mãos não recomendáveis.

Sinto muito se você tem mãos pequenas e uma alma enorme. Ou se é um grande homem desprovido de grandes mãos. É preciso agigantar as mãos além da alma para andar ao meu lado. Não assim...ao meu lado. Ao meu lado você pode, ele pode, todo mundo pode. Vem aí...anda ao meu lado. Mas assim...AO MEU LADO não! Assim desse lado só a mão grande do meu amor. Chega um pouco mais pra lá. A minha mão direita entra na mão esquerda dele. A mão direita dele na minha esquerda. E assim andamos lado a lado. Hm..não exatamente...seria impossível. Andamos juntos! Como se deve andar. Às vezes ele vai na frente. Às vezes eu vou. E assim a gente vai. E é só assim que eu quero chegar aos 85. Posso até chegar aos 90.

Não adianta explicar. Adianta sentir. Eu tenho a foto da primeira vez que a mão tocou a mão. Está aqui na minha cabeça...nunca se apaga. Sem dizer nada, palma e palma se medem e se beijam:

JULIET
For saints have hands that pilgrim's
hands do touch, and palm to palm is holy palmers'
kiss.

ROMEO
O, then, dear saint, let lips do
what hands do...

Palma e palma são o primeiro beijo. Boca e boca são a consequência. E se as mãos se encaixam com perfeição, toda a vida é como um beijo. E pra sempre, sempre que for preciso, sempre que for hora, sempre que for importante, é hora de medir as mãos mais uma vez e confirmar que, com o passar do tempo, parece até que as mãos às vezes trocaram de lugar. Não se sabe mais de quem é a mão esquerda que segura a direita de quem.
As palmas juntas pela vida afora. A vida dure quanto durar, e que me leve enquanto eu couber inteira na mão grande do meu amor.

10 comentários:

Marília disse...

As mãos do meu amor são gordinhas!!!hahahahahahahahahahaha
Ainda bem porque as minhas são grandes!!
Será Mercedes, que mãos grandes regem sua vida?????
Já reparou nas mãos de todas as pessoas que escolheu para participarem dela???
Lindooo texto!!!Só espeor ter a coragem maior que as mãos grandes, para chegar lá!!
Beijo

Anne disse...

Tá aí uma coisa indispensável... mãos... o tamanho delas e a sensação de proteção, carinho e respeito que elas transmitem...

Afinal, mão que não encaixa não é um bom sinal!:D bjo bjo

Rafa Ela disse...

Mão é tudo!!!

bj

Tô me acabando com tanto texto novo! Que delícia!

mais bjo

Ester disse...

Palma e palma pode ser o primeiro beijo, mas , acho que toque e toque antecede palma e palma.

Toque no braço, toque no ombro, apenas um toque no corpo da outra pessoa. Aí aquela sensasão de adrenalina...

Esse é o meu amor. Será?

Sim. Vivemos as metades inteiras e intensas.

Ela é a minha metade. Eu sou metade dela.

Nós éramos a grande metade e somos agora a maior metade.

Não sabemos mais a quem pertence cada uma das quatro mãos.

Lindo tento!

Paola Zadra disse...

“A Mão Grande do Amor da Minha Vida” esta frase eu nunca esqueci desde quando você escreveu em outro texto.
Quando encontramos o nosso amor, Palma e Palma é realmente um sentimento muito forte, parece que estamos planando.
Quando elas se tocam pela primeira vez é como se fosse uma escultura.
Quando encontramos aquela que se encaixa perfeitamente na nossa, o toque é macio e suave. Nos sentimos como uma criança fascinada por objetos cotidianos que não levamos em consideração.
Pra mim, não é tão relevantante o tamanho das mãos do meu amor, desde que ela se encaixe perfeitamente nas minhas. Esteja a minha volta. Esteja dentro de mim. Palma com sorriso, com toque verdadeiro. Uma sensação de aconchego.
Ai, ai... E andar pelas ruas com aquela palma completando a sua, aproveitando o prazer de uma longa caminhada.
Amo esse encaixe. Dá pra sentir tudo de uma só vez. Fechar os olhos e sentir a outra metade com seu corpo todo. Bem no peito.
Juntas elas estão em perfeito ritmo, dá pra ouvir alto quando elas se tocam. Às vezes parece um sussurro.
Parece que juntas, é a melhor maneira de perceber a dimensão das coisas. Significa compartilhar uma sensação.
Quando a mão do meu amor, essa palma, que se encaixa perfeitamente na minha, é “A Mão Grande do Amor da Minha Vida” é bonita do jeito e formato que ela é.


Lindo, Lindo, Lindo Texto!!!

Paola Zadra disse...

Tuas Mãos Abusadas

"Tuas mágicas mãos carinhosas
vêm rescindindo as rosas,
com as quais me cativas!
São feitas de afagos
tão plenas dos anseios
que provoco com meus beijos
a percorrer-me o corpo
acendendo delícias
aplacando desejos,
em toques macios
gentis,
se tornam ousados!
Teu toque abusado
em meu corpo inteiro!
...E, feliz!..

tão minhas
tuas mãos"

(Eme Paiva)

Anônimo disse...

Linda mão!

Linda tatoo!

Mercedes Gameiro disse...

Obrigada. É tudo meu! ;)

Alice Salles disse...

nossa! minha mão é gigante também! ABSURDAMENTE ENORME! ahaha

thiagota0 disse...

Adoro quando ler textos que fazem de coisas simples, visiveis!

Eu tenho a mão absurdamente pequenas, quase de criança... Menor ou igual a de muita mulher, insuficientes pra digitar um ctrl+alt+del com maestria ou tocar um violão, isso me revolta!

Adoro mãos, dedos... acho que elas dizem muito de uma pessoa, o que esperar delas!

My BeIbE! Tem mãos lindas, enorrrmes, Macias, as vezes meio molhada, acolhedoras e ótimas pra se receber um carinho...