segunda-feira, março 19, 2007

Nada é totalmente ruim

Depende do ponto de vista.
Pode-se ser otimista... Não é feio suportar algo aparentemente horrível por algum tempo, mínimo que seja, só pelacuriosidade de ver mais de perto e entender o que pode vir depois disso.
Pois as lagartas verdes de pintas pretas e amarelas invadiram o jardim. Chegaram como se a casa fosse delas, comeram algumas folhas das plantas, escalaram janelas, muros, paredes, cadeiras. Num primeiro momento houve pânico. Minha empregada desesperada queria matar todas elas: cheguei a pegar a monstra da vassoura tentando esmagar uma delas e gritei!
A coitada, não entendeu nada..."Mas elas queimam, Dona Mercedes!"
Eu e minha cara de natureba reagimos: "queimam agora...mas depois vão se sacrificar para alegrar os seus olhos." Coitada...entendeu menos ainda. "Rita, elas viram borboletas..."
Resposta: "Ah é? Não sabia." Como pode alguém não saber que uma lagarta, ou um bicho cabeludo viram borboletas? Corri para contar a piada para outra pessoa. "Nossa! A Rita não sabia que lagarta vira borboleta!"
Resposta: "Vira? Eu também não sabia!"
Será que o mundo está assim? Será que somos todos crianças de apartamento que não sabem nada da natureza ?
Será que a Rita não sabe que a pior coisa que aconteceu na vida dela veio para salvá-la de uma vida horrível e trazer a paz merecida?Será que ninguém mais sabe que "há males que vêm para o bem"... que "não há mal que nunca acabe"... que "a esperança é a última que morre"?
Pois eu que sou boba, otimista, talvez loira e burra, sei. E a invasão das lagartas encantou parte da minha família, e acabou mostrando que ninguém é totalmente feio, nada é totalmente ruim, ninguém fica no fundo do poço para sempre...etc, etc, etc.
As lagartas verdes invadiram a casa e se penduraram onde podiam. Seus casulos verdes foram perdendo a cor até que, num momento dramático, gotas de sangue apareceram no chão e o casulo não estava mais ocupado. Uma por uma, as lagartas voaram. Todos os dias, pelo menos uma. Hoje vi o momento em que uma borboleta nasceu no quarto de hóspedes. Lindo demais!
Então...presta atenção -- Toda lagarta repugnante tem seu dia de borboleta! Hahahaha! - Filosofia barata, pero profunda! Me serve. Se não te servir, divirta-se com ela.

Bom dia,

Um beijo amigo no seu umbigo.

12 comentários:

rafaela disse...

Me serve também!
Confesso que não curto muito borboletas, mas respeito! E vou aprendendo a conviver com elas.
bj enorme

Alice Salles disse...

ahhh
que delícia de texto
que delícia e welcome back!
realmente, essas moscas de manteiga são sinais de coisas lindas por vir e de tudo isso que você falou e essa filosofia não tão barata assim também me serve muitíssimo bem!
beijoos!

marcos freitas disse...

...ontem à noite, numa pizzaria 'B' (afinal quem mandou a gente escolher isso, né?), enquanto analisávamos 'o porquêêê' da falta de gosto do champignon e... se aquele tomate era muito cru pra ser molho ou muito de anteontem (e atropelado demais) pra ser fresco... notei uma tv ligada (agora já me parece que toda e qualquer biboca tem sempre uma tv ligada) e, quando eu já estava prestes a praguejar alguma bobagem sobre televisão (e já olhando, hipnotizado, as imagens) eu escuto algo assim numa narração 'global':
"...e aquela monstruosa e horrível lagarta se transforma numa linda..." bem, até a Rita já sabe, hehehe... mas meu comentário foi: "ah vá! ...olha o que esse cara tá chamando de 'monstro horrível'!!!"
e ela: "mas são lindas!!!" pois é, e elas eram magníficas, 'pérolas de design', PER-FEI-TAS(!!!), com formas e cores que quem faz carros, tenis, sites, prédios ou cartazes, tem muito a aprender observando-as... oops! lá fui eu outra vez (sorry, já virou post! ahahahah) me perdendo por aqui again... acho que precisamos de um café, até pra falar de borboletas ahahahaha fui... isso foi uma visitinha rápida, tô no mó gás aqui!!! ciao bella
beijos
m.
aaah adorei as fotos, o texto, tudo! adoro aqui... cê sabe!
fui
p.s. ...e vê se vem, hein

mercedes disse...

Marcolino,

Eu também vi. E elas são lindas mesmo! Não sei se existe lagarta feia. Tem lesa feia. E só algumas. As lagartas, principalmente os "bichos cabeludos" são lindas demais!
E a matéria do fantástico foi feita , acho, porque é época de lagarta virar borboleta. Ta todo mundo virando borboleta. Obaaaa!
hahaha
beijoca

thiagota0 disse...

um outro beijo no seu antebraço!!!


Sumido eu jamáis... apenas no meu casulo esperando criar minhas asas!!!


flik flik flif...
(é o barulho de asas... rs!!!)

Marília disse...

Que coisa linda!!!!
Será que vamos todos borboletar???
Beijoooo

Carol disse...

é a velha história do patinho feio, nao?

e depois da tempestade vem a bonança
e good things come to those who wait
e paciencia é a maior das virtudes
e pressa é inimida da perfeição....

blabla..
borboletas no jardim, no estômago e na cabeça

Anônimo disse...

Olá querida,tudo bom?.Foi por um acaso que cai em seu blog,apos uma longa e interminavel procura pelo nome de uma lagarta verde com chifrinhos na bunda,extremamente liiiiiinda aoss meus olhos,mais terrivelmente assustadora e venenosamente inquietante para meus pais.Simplismente salvei ela da morte, e agora ela repousa em meu Terrario,junto a outro casulo de taturana.
A lagarta constroi agora, sua nova casa,um casulo.
Pensei comigo,'salvei ela,pra uma nova vida'

Adorei seu blog,me identifiquei com muita coisa que você escreve.
e tamben sou uma amante da natureza.
'devemos amar toda forma de vida,só assim teremos a paz.'
bejoooooo

Anônimo disse...

Olá querida,tudo bom?.Foi por um acaso que cai em seu blog,apos uma longa e interminavel procura pelo nome de uma lagarta verde com chifrinhos na bunda,extremamente liiiiiinda aoss meus olhos,mais terrivelmente assustadora e venenosamente inquietante para meus pais.Simplismente salvei ela da morte, e agora ela repousa em meu Terrario,junto a outro casulo de taturana.
A lagarta constroi agora, sua nova casa,um casulo.
Pensei comigo,'salvei ela,pra uma nova vida'

Adorei seu blog,me identifiquei com muita coisa que você escreve.
e tamben sou uma amante da natureza.
'devemos amar toda forma de vida,só assim teremos a paz.'
bejoooooo

Anônimo disse...

Olá querida,tudo bom?.Foi por um acaso que cai em seu blog,apos uma longa e interminavel procura pelo nome de uma lagarta verde com chifrinhos na bunda,extremamente liiiiiinda aoss meus olhos,mais terrivelmente assustadora e venenosamente inquietante para meus pais.Simplismente salvei ela da morte, e agora ela repousa em meu Terrario,junto a outro casulo de taturana.
A lagarta constroi agora, sua nova casa,um casulo.
Pensei comigo,'salvei ela,pra uma nova vida'

Adorei seu blog,me identifiquei com muita coisa que você escreve.
e tamben sou uma amante da natureza.
'devemos amar toda forma de vida,só assim teremos a paz.'
bejoooooo

Anônimo disse...

não conseguia postar meu comentario,então postei anonima,dai deeeeeeeeeeeeu certo. :/
eeeentão se qizer entrar em contato comigo:
amandagothicrock@hotmail.com

:*

Anônimo disse...

Eu acabei de apanhar um casulo desses no muro do vizinho. Estava lá prestes a ser derrubado pelo futebol de rua da garotada. Mas o que estou dizendo? Também sou criança, mas criança ecológica! Vou cuidar do casulo, colocar numa das árvores, prender com teias de aranha, sei lá... Vou dar um jeito de ele sobreviver. Adoro essas coisas! Legal seu blog! Torça pela borboleta que vem por aí. Abraço!