segunda-feira, fevereiro 26, 2007

And my Oscar goes to...

Ufa! Que canseira.
Os últimos trinta dias foram uma correria louca e eu mal tive tempo de me olhar no espelho. Hm...mentira: me olhar no espelho foi o que eu mais tive que fazer, mesmo sem querer ou gostar. O fato é que desde que saiu a lista dos indicados eu não parei. Primeiro porque tive que triplicar o tempo de exercícios diários. De uma hora e meia, passei para quatro horas pois eu tinha engordado um pouco, e a televisão aumenta demais. Aliás, alguém pode por favor mandar queimar todas as TVs de plasma widescreen? Quanto eu tenho que emagrecer pra sair magra em widescreen? Isso não é justo. Se a Gwyneth Paltrow parece um abajour em widescreen, eu vou parecer o que? Uma versão branca da Queen Latifa?
Anyway...fora os exercícios para tentar salvar a imagem, tive todas as entrevistas e fotos, e tive que ir fazer uma cena em fundo branco para a Academia, depois começaram os telefonemas: Armani, Valentino, Stella McCartney, Reinaldo Lourenço, Donatella Versace, Dolce&Gabana...ai ai ai...será que essa gente tem noção do quanto eu odeio experimentar roupa? O quanto eu abomino bajulação? Até 15 dias atrás eles nem sabiam que tinha uma loira gorducha no Brasil metida a escrever. Agora ficam me achando linda e querendo me dar vestidos de presente. Mas okay...faz parte do jogo, vou ter que me render a isso também. Também! porque estou tendo que me render a outras banalidades insuportáveis: joalheiros também me ligaram para oferecer as jóias para usar com o vestido que eu escolher. Fora os sapatos. Será que alguém vai mesmo olhar para os meus sapatos? Pelo amor de deus! A Cameron Diaz vai estar lá! Ela deve calçar 40, o pé dela aparece muito mais que o meu -- sem falar na Julia Roberts...
Então...tudo isso e o cabelo. O cabelo e o make up. O make up e a passagem. A passagem e o hotel. O hotel e o discurso. Será? "Será que eu faço a estrangeira rebelde e faço meu discurso em português? Acho feio demais. Acho que vou fazer em inglês mesmo e no final falar alguma coisa em português; fica mais simpático. Mas não vou dedicar o prêmio aos cineastas do meu país. Na na ni na não. Seria hipócrita. Eu detesto o que eles fazem. Posso dividir essa glória com quem tem tentado com competência: Waltinho, Fernando e Andrucha. Nem. Só Waltinho e Fernando. O Andrucha casou com a chata da Fernandinha Torres. Quem mandou? Mas posso dedicar a algum cineasta mexicano? Eu queria...mas é feio."
So...só correria, correria, correria, até que finalmente chegou o dia. Aff...e eu ainda tenho que ficar linda -- isso não é justo: o Peter Jackson recebeu o Oscar por Senhor dos Anéis com um terno saído do bucho da vaca e a camisa toda suada. Ele tava um escracho! Mas eu sou menina, né? Meninas sobem no palco do Oscar todas lindas. E tem que chorar.
"Ai não! Eu sei que eu vou chorar. Eu ficou horrível quando choro! - I'd like to thank the members of the academy... and the MAC water proof eye liner".
..............................................................................................................................................................

Ok, kids, tudo isso eu escrevi ontem no hotel, roendo tudo o que encontrava de tão histérica.
Agora a festa acabou, estou no backstage postando pelo celular e, daqui a pouco, vou para uma super festa em Malibu que a Warner Bros está oferecendo para comemorar o Oscar de "The Departed". O que eu queria dizer é que estou feliz demais pelo Scorcese que merece esse prêmio mais do que ninguém. Não que o Alejandro não mereça, mas é só a primeira vez que o Alejandro é indicado; o Scorcese entrou na fila há muito mais tempo. E eu? Bom...será que eu deveria estar triste por não ter ganho? porque não estou. Na verdade eu nem acho Little Miss Sunshine um grande roteiro. Acho uma delícia de filme, o Michael Arndt é uma delícia de pessoa, mas hey! E eu sou o que?? O Michael escreveu Little Miss sunshine em três dias. TRÊS DIAS!! Vou repetir: ele escreveu em 3 (três) dias. 72 horas. 3 voltas da terra ao redor do sol. Sabe quanto tempo eu levei escrevendo o meu? Pfft...melhor nem contar. Antes do filme entrar em cartaz, ele assinou um contrato milionário com a Pixar pra escrever roteiros (depois desse Oscar eu quero ver ele não querer sair do emprego novo), e por Little Miss Sunshine ele ganhou um milhão de dolares. "Não dava pra me deixar subir no palco, seu egoísta?"
Well...de qualquer maneira, fui indicada e estava ali na platéia , sentada bem pertinho da maioria dos meus ídolos ainda vivos. Isso não tem preço.
Avisa então pra todo mundo que dessa vez não deu, mas outras virão e, agora que eu peguei gosto por telefonemas do Armani e etc...ninguém mais me segura: vou refazer meu guarda-roupas.
Vou pra festa agora, depois vou pro hotel dormir, sem hora pra acordar, pela primeira vez em 40 dias.

Um beijo amigo no seu umbigo


2:58 am, 26 fevereiro 2007...durmo e escrevo enquanto sonho, antes que o despertador toque e seja hora de sentar no meu computador para escrever de uma vez o roteiro que deveria ganhar best original screenplay em um ano qualquer entre 2005 e 2015, antes que o mundo acabe, a amazônia seja invadida ou uma bomba nuclear iraniana destrua Hollywood.

4 comentários:

Alice Salles disse...

Grande Mer-Ce-Des...

Sabe que eu preciso fazer esse troço também! Ganhar o meu best original screenplay O-O-Oscar antes do mundo acabar... Fazer logo com que meu nome entre pra essa lista tão concorrida e fazer com que haja algo de grandioso na minha autobiografia... hahahaha
Beijooos! Bom dia!

Marília disse...

Deliciosamente maluca!!!!
Beijooo

yohrd zäyr disse...

...and mine goes to... you
T H E B E S T ! ! !

smmmuaack

Carol disse...

meu deus do céu que eu to mais confusa que... que... ai que clichê, cego em tiroteio!!!