domingo, outubro 24, 2010

_vácuo


Então assim...cansei de enrolar todo mundo. Cansei de inventar historinhas de amor e cartinhas e diálogos telefônicos. Cansei. Quer a verdade? Eu te dou.
A verdade é que meu cérebro tornou-se um grande buraco negro, de meses para cá. É como se eu tivesse entrado no olho de um furacão e agora só o que há é o silêncio do vácuo. 
Aqui dentro, nada se move. São só as grandes paredes brancas de núvens. Dentro delas tudo se mexe, a energia lateja, ventos furiosos se preparam para varrer a terra. Mas dentro - aqui onde me encontro - nada.
Não existe um pensamento que valha ser colocado no papel. Não existe uma idéia que não seja tragada pelo vazio em cinco minutos. Não há tempo, não há espaço, não há. Vácuo.
Há momentos em que penso em desistir. Penso em romper com as palavras, já que elas não querem colaborar. Penso em romper comigo porque não gosto mais do que eu escrevo.


...

Viu? eu ainda não consigo falar sobre o assunto de forma a me tirar do marasmo. As palavras chegam até o pulso, mas não continuam até as pontas dos dedos, para que eu possa escrevê-las. Estou presa.
Mas vai passar. Tem que passar.

Talvez seja hora de me colocar de castigo.


9 comentários:

Alice Salles disse...

o vácuo passa quando se enche daquilo que a gente precisa muito ter...

Mercedes Gameiro disse...

Xii...vai demorar, Alice.
Podia me dar uma notícia melhor?

:(

Fabio Cunha disse...

bom, falando como nerd imbecil, se o seu cerebro eh um buraco nbegro,m ele nao esta estatico como vc implicou, e sim se possuindo de muito mas muito novo conhecimento, talvez em qtde infinita para q vc absorva tudo como deveria.... talvz uma temporada sem pensar at all te faça bem......

Mercedes Gameiro disse...

Você está longe de ser um nerd imbecil embora seja bem nerd.

Aliás, nerds imbecis não fazem companhia para loiras in troubles como você faz, só em The Big Bang Theor - o que eu acho que te serve muito bem. hahaha.
Anyway, adoro a sua teoria. Tomara que seja isso mesmo.

Gracias

Aline Vieira de Andrade Mattar disse...

Eu entendo seu problema... mas com a foto do post, nem precisave escrever nada!! Te adoro. Beijos.

Perin disse...

O tal vazio já já vai embora, especialmente am alguém tão antenada como vc. Por exemplo, se vc pegar alguns dos teus posts do twitter e desenvolver, tenho certeza que vão sair textos deliciosos como só vc consegue escrever. Acho que tua cobrança interna por textos inspiradíssimos é que atrapalha, manda ver em algo bem trivial que vai arrebentar como sempre.

Marcos Freitas disse...

Tesla (o Nikola), que era um cara bem sabidinho, sacou bem as possibilidades advindas do vácuo!

"A cubic centimeter of empty space (...) has so much raw energy in it that, if condensed into matter, there would be more matter than is observable in the universe through the largest telescope! So even a tiny efficiency of tapping could and will extract all the energy anyone could wish."

...e a magia está na transformação!

bjss
m.

Marcos Freitas disse...

...e pelas as suas palavras,
lembrei-me dessas da minha amada pupila preferida:

'para que transbordem ou se afoguem'

"As palavras não mais me transbordam.
não preenchem todo o meu corpo até que vazem
pelos olhos, ouvidos, boca,
ou qualquer outro buraco por onde se possa escapar.
permanecem contidas, porém inquietas dentro de mim.
não se cansam de revirar
me deixem em paz!
na minha barriga, subindo e descendo a garganta.

enfio meu dedo goela a baixo
saiam!
engasgo, cuspo e tremo
para que as palavras se aquietem ou se afoguem
privada a baixo.
as vejo rodando no meio da água
limpo minha boca
finalmente poderei dormir."

(Tarcila)

Anônimo disse...

Adoro os dois comentários, Marquito.

E Edson... tem horas que eu acho que o Twitter desperdiça os meus pensamentos. Eu sei :(

Beijos pros dois.

Me