quinta-feira, outubro 25, 2007

TPM Suporte


Digite por favor o número do seu pedido de serviço. Pee, pee, pee pee, pee, pee. Para pessoa jurídica, digite 2. Para pessoa física, digite 3. Para mandar a HP introduzir a sua impressora, digite 4!
Você já tentou encontrar uma forma de consertar uma impressora HP? Tenta. É interessante. Se sua vida anda aborrecida, calma demais, sem grandes acontecimentos, é a grande pedida.
Faz assim. Vá até um lugar que venda super-mega-hyper-impressoras e gaste uns bons pilas em uma que seja scanner, fax, impressora de foto, copiadora e faça massagem nas costas.
Use-a normalmente durante dois anos no máximo. Não precisa usar muito...só quando você tiver que imprimir roteiros de 120 páginas umas 12 vezes. Mas isso nem é muito. Assim que você precisar MESMO, ela vai pifar. Não assim...pifar sem dar nenhuma esperança. Só vai fazer um barulho estranho e se recusar a imprimir. Pronto! Pode começar a aventura!

www.hp.com.br. Bingo! Agora tente descobrir como acessar o suporte. Leva mais ou menos umas quatro horas, contando todas as vezes que você vai desistir. Ah achou! Lá diz: recomenda-se suporte via chat. Oba! Isso é rápido. É...bem rápido se irritar no chat da HP.
Você vai falar com pessoas estranhas. Na terceira pessoa, vai ter a incômoda sensação de que tudo não passa de uma pegadinha, porque o primeiro atendente se chama Yuri, o segundo Hudson, o terceiro Robson. O que é isso? Parecem todos virtuais demais, mesmo pra um suporte via chat! Mas tudo bem. Depois que você não conseguir acessar o chat antes de digitar o número de série, modelo, sistema operacional, seu e-mail, etc etc... O Yuri vai dar bom dia, perguntar no que pode ajudar e você vai contar a ele toda a sua longa história. Quando você achar que ele vai começar a responder, lá vem: "Para darmos prosseguimento ao atendimento, precisamos que algumas perguntas sejam respondidas". E adivinha quais são? Todas aquelas que você respondeu PARA ENTRAR no chat. Quando você falar com o Hudson, apesar do seu nome aparecer antes de cada frase, ele vai achar que você não é quem diz ser:
Mercedes: não consigo ligar nem desligar a impressora.
Hudson: o senhor tentou tirar da tomada?
Mercedes: óbvio!
Hudson: O senhor pode aguardar mais um instante?

Well...o senhor já está irritado que chegue...
Bom, pra encurtar a história, Yuri me perguntou se eu já tinha tentado tirar a impressora da tomada e ligar de novo. Esta foi só a primeira vez que eu exclamei: "Você só pode estar brincando comigo!"
Yuri tentou um full reset que eu avisei que não adiantaria, mas espiões russos não confiam em mulheres! Depois de confirmar que não dava mesmo certo, me mandou levar a pobre impressora para a assistência autorizada. Levei. Chegando lá, escuto: ah...esse equipamento já está obsoleto e não tem conserto.
COMO ASSIM???? "Você pode dar esta como entrada numa nova mas não vale a pena, porque nós vamos comprar no mercado e vai ficar caro!"
Uh???
Voltei para casa cuspindo fogo, corri para o chat da HP. Hudson! We have a problem! (trocadilho péeeeessimo). Contei a história para Hudson que me disse que a informação não procedia. Eu deveria então voltar no mesmo lugar, com a impressora de muitos quilos no colo e tentar convencer a mocréia de que a criança está doente mas não é terminal!
"Diz pra mim que você está brincando!"
Ele não estava, e para provar que falava sério, copiou e colou uma lista de 12 assistências técnicas HP em São Paulo, sendo que a mais pertinho era em Diadema. Ai meus sais!! Fiz um comício particular para Hudson sobre "O CONSUMIDOR E SUA FALTA DE PACIÊNCIA", seguido de um pedido: "Quero um documento da HP que diga que o equipamento tem conserto, ou eu não levo a lugar nenhum e vou comprar uma Lexmark de 100zão sabendo que não vai durar, mas pelo menos não vou ser enrolada."
Hudson, o grande rio dos chats de suporte, prometeu que mandaria por e-mail a conversa que tivemos para servir de documento. Você mandou? Nem ele!
Volto ao suporte e finalmente consigo um número de telefone para ligar. Isso apenas para confirmar que a HP é super bacana e não vai fazer a velha impressora cansada funcionar. Ela vai fazer melhor: vai facilitar a compra de uma nova muito melhor, mais moderninha, que além de massagem, faz cafuné. Puxa que bom! Pela metade do preço! Puxa que ótimo! E vão entregar em casa! Nossa...que demais! E à vista. Ah...
Como assim, à vista? Eu nem queria comprar nada e agora tenho que pagar à vista? Eu só queria ver a velhinha cuspindo folhas de papel escritinhas...quanto era mesmo a metade do preço? UM MONTE!
Pois...o que não tem remédio, remediado está. Comprei a desgraça da impressora. Fiz tudo como me mandaram. Fiz uma transferência bancária antes das 19 horas do dia 23. Mandei o comprovante para o e-mail que a Monalisa me deu.
(Ah, sim! Esqueci de contar: os atendentes virtuais são importados. Os telefônicos são obras de arte: hoje falei com o Davi estou com medo de ligar amanhã e falar com a Vênus ou o Pensador em pessoa). Só que o e-mail que a Gioconda me deu não funcionou. Ok...não me preocupei.
Que anta! Hoje liguei só por desencargo de consciência e , falei com o Davi - mas não perguntei se ele estava pelado, nem por que razão o bim bim dele é tão pequeno. Adivinha o que eu descobri? Que "este e-mail está mesmo com problemas." Bom, confirmei o pagamento, perguntei quando receberei a minha super impressora carézima pela metade do preço e em casa.
- Sete dias úteis, senhora Mercedes".
- Você só pode estar brincando comigo! Eu fiz o pagamento dia 23 para receber a impressora em sete dias úteis. Hoje, dia 25, você me diz que tenho que esperar os mesmos sete dias úteis?
- Sim, porque os dias são contados a partir da comprovação do depósito.
- Mas o depósito não foi confirmado antes porque vocês me deram o e-mail que não funciona.
- Desculpe o procedimento errado da nossa companheira, senhora, mas esta é a regra.

Resumindo: toda e qualquer ação da HP, definitivamente, só é boa para ela!
E eu que só queria imprimir um texto, estou estrebuchando a minha TPM há 5 dias.

Depois de tudo isso, eu jurei a mim mesma que passaria uma semana sem falar com suporte de coisa nenhuma. Mas assim que entrei no site da HP para escrever uma reclamação indignada no "Fale conosco, se conseguir", a internet caiu e eu tive que ligar para a Telefônica. Você não quer saber como foi essa outra ligacão, mas eu posso adiantar que:
1. Me perguntaram outra vez tudo o que eu digitei para entrar
2. Perguntaram se eu restartei o modem e o computador
3. Mais de 3 vezes eu exclamei: "Você só pode estar brincando comigo..."



14 comentários:

Mercedes disse...

O sono está grande e a inernet lenta, por isso eu não vou editar o texto agora. Quem ler, vai ter que aguentar o "DESENGARGO" de consciência. hahahha!
Juro que amanhã eu arrumo.

Buenas.

Perin disse...

Estou às gargalhadas aqui. Muito bom o texto, mas a experiência seguramente foi horrível. Todos já passamos por isso. Estes tempos comprei pelo site do Ponto Frio um monitor tela plana e de brinde vinha um pen-drive. Só que o dito brinde não veio...passei dois meses ligando todas às semanas e me irritanto profundamente...um dos atendentes chegou a desligar na minha cara depois de eu ter pedido pra falar com o dono da bosta do Ponto-Frio já que ele não conseguia resolver o meu problema. Já estou com o pen-drvie na mão, mas foi de fuder!!!!! Odeio muito tudo isso.

diogo disse...

Olha, procuro uma pessoa com as palavras honestas iguais as tuas... sem barreiras ao fazer qualquer tipo de comentario... e demonstrar sentimentos,
onde eu arrumo uma hein? =/

Fastolf.b disse...

Deixemos claro que esse diogo NÃO sou eu!

Mercedes disse...

HAHAHAHHAHAHAHAHA!

Leandro Fagundes disse...

Veja o lado bom. Pelo menos você escapou do gerundismo, de ter que ouvir o atendente dizer que vai estar transferindo a ligação aos nossos analistas que irão estar lhe atendendo o mais breve possível e, assim, estaremos procurando resolver o seu problema.

Beijos, Leandro.

®.o.©.h.@ disse...

...0800, Centrais de Atendimento, Assistencia Tecnica. É realmente um saco esse tecniques de Operador: "-Senhor(a), aguarde um momento por gentileza.." (pior ainda são os nomes). Blegh!!!

Mas muito interessante a odisseia da impressora HP, podia virar filme...
Putz! Divaguei agora né?

Flavia Melissa disse...

po m�!
ser� que vc podia ter escrito esse post m�s passado?
ANTES de eu comprar uma HP?!

Alice Salles disse...

HP sucks...
Sempre disse isso...

pati castilho disse...

Hummmm...eu devo tirar minha HP multi super hiper mega funcioal da tomada??...pra sempre??..mas eu nem paguei a primeira ainda...
Sabe festa estranha, com gente esquisita? são todos os 0800...

lrs disse...

Pois é, entre essas tenho uma na caixa faz dois anos. Preguiça? E se precisar ligar para a HP? Pior, é fechar uma conta unibanco.
Bjos, saudades de suas histórias.

Mercedes disse...

Irs?

Saudade das minhas histórias?
Quem é você? To perdida...

marcos freitas disse...

ahahAHAHhahahHAHA pelo "deixemos claro..." do di

HhahhuahAUAHUhahaHAUahah pela bizarrice da situação

HAHAhahahAHAHuahauHAHAHA porque tô de bom humor... mesmo tendo "me metido" numa situação absurda, mas muuuuito absurda, (que lembrei ao ver um banco ser citado) ...tô tentando encerrar duas contas (já encerradas!), em dois bancos, que não uso há anos e acabaram de me comunicar (ambos! como se fosse um complô pré-natalino) que estou "devendo" uma fortuna e meia pra cada um... eu hein, só rindo mesmo ahahahaha
vishh, virou postment!

bjs
m.

Alexandre Reis disse...

Simplesmente amei o teu blog, e este foi o post em que mais me ri, eu também acho que eles são muitos incompetentes, mas tenta a técnica do eu estou a ligar a fazer uma reclamação ou senão pede logo o livro de reclamações, aqui em portugal normalmente estas tecnicas dão resultado